Página inicial

Salões & Prêmios

 


agosto 2019
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
Pesquise em
salões & prêmios:

Arquivos:
agosto 2019
julho 2019
junho 2019
maio 2019
abril 2019
março 2019
fevereiro 2019
janeiro 2019
dezembro 2018
outubro 2018
setembro 2018
agosto 2018
julho 2018
junho 2018
maio 2018
abril 2018
março 2018
fevereiro 2018
janeiro 2018
dezembro 2017
novembro 2017
outubro 2017
agosto 2017
julho 2017
junho 2017
maio 2017
abril 2017
março 2017
dezembro 2016
novembro 2016
setembro 2016
agosto 2016
julho 2016
maio 2016
abril 2016
fevereiro 2016
janeiro 2016
outubro 2015
setembro 2015
agosto 2015
julho 2015
junho 2015
maio 2015
abril 2015
março 2015
fevereiro 2015
janeiro 2015
novembro 2014
outubro 2014
setembro 2014
agosto 2014
julho 2014
junho 2014
maio 2014
abril 2014
março 2014
fevereiro 2014
janeiro 2014
novembro 2013
outubro 2013
setembro 2013
agosto 2013
julho 2013
junho 2013
maio 2013
abril 2013
março 2013
fevereiro 2013
janeiro 2013
dezembro 2012
novembro 2012
outubro 2012
setembro 2012
agosto 2012
julho 2012
junho 2012
maio 2012
abril 2012
março 2012
fevereiro 2012
janeiro 2012
novembro 2011
outubro 2011
setembro 2011
agosto 2011
julho 2011
junho 2011
maio 2011
abril 2011
março 2011
fevereiro 2011
janeiro 2011
dezembro 2010
novembro 2010
outubro 2010
setembro 2010
agosto 2010
julho 2010
junho 2010
maio 2010
abril 2010
março 2010
fevereiro 2010
janeiro 2010
dezembro 2009
novembro 2009
outubro 2009
setembro 2009
agosto 2009
julho 2009
junho 2009
maio 2009
abril 2009
março 2009
fevereiro 2009
janeiro 2009
dezembro 2008
novembro 2008
outubro 2008
setembro 2008
agosto 2008
julho 2008
junho 2008
maio 2008
abril 2008
março 2008
fevereiro 2008
janeiro 2008
dezembro 2007
novembro 2007
outubro 2007
setembro 2007
agosto 2007
julho 2007
junho 2007
maio 2007
abril 2007
março 2007
fevereiro 2007
janeiro 2007
dezembro 2006
novembro 2006
outubro 2006
setembro 2006
agosto 2006
julho 2006
junho 2006
maio 2006
abril 2006
março 2006
fevereiro 2006
janeiro 2006
dezembro 2005
novembro 2005
outubro 2005
setembro 2005
agosto 2005
julho 2005
junho 2005
maio 2005
abril 2005
março 2005
fevereiro 2005
janeiro 2005
dezembro 2004
novembro 2004
outubro 2004
setembro 2004
agosto 2004
julho 2004
junho 2004
maio 2004
As últimas:
 

agosto 19, 2019

Roda de conversa dos artistas do Bolsa Pampulha na Escola Guignard, Belo Horizonte

O projeto "O artista pesquisador" da Escola Guignard/UEMG e Bolsa Pampulha apresentam roda de conversa com os artistas residentes do edital Bolsa Pampulha 2018/2019, promovido pelo JA.CA - Centro de Arte e Tecnologia em parceria com a Fundação Municipal de Cultural de Belo Horizonte.

No dia 20 de agosto, das 10h às 12h, a roda de conversa contará com a presença de: Alex Oliveira, Davi de Jesus do Nascimento, Dayane Tropicaos, Desali e Sallisa Rosa.

E, no dia 27 de agosto, das 19h às 21h, com a presença de: Gê Viana, Guerreiro do Divino Amor, Sara Lana, Simone Cortezão e Ventura Profana.

Escola Guignard (UEMG) - Auditório
Rua Ascânio Burlamaque 540, Belo Horizonte, MG

Publicado por Patricia Canetti às 10:08 AM


Bárbara Wagner & Benjamin de Burca no 30º Festival Curtas, São Paulo

Bárbara Wagner & Benjamin de Burca estreiam Swinguerra no Brasil e ganham primeira retrospectiva de seus filmes no 30º Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo

Realizado pela Fundação Bienal de São Paulo para representar o Brasil na 58ª Bienal de Veneza, “Swinguerra” integra a primeira Mostra Competitiva do Festival de Curtas e também será exibido no Pavilhão da Bienal dia 24 de agosto

A retrospectiva reúne cinco curtas documentais-musicais da dupla de artistas, que comanda ainda uma masterclass gratuita sobre audiovisual experimental, dia 23 de agosto, na Cinemateca Brasileira

Com uma grande produção de séries fotográficas, videoinstalações e curtas-metragens musicais, o duo de artistas Bárbara Wagner & Benjamin de Burca tem participação especial na 30ª edição do Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo, que acontece entre 22 de agosto e 1 de setembro.

A dupla faz a estreia nacional de seu novo filme Swinguerra. Realizado pela Fundação Bienal de São Paulo para a representação do Brasil na 58ª Bienal de Veneza, a obra documental-musical acompanha os ensaios de um grupo de dançarinos na quadra de esportes de uma escola pública da periferia de Recife (PE). Acompanhados por um exigente coreógrafo, eles são observados de perto pelas companhias rivais.

O curta, cujo título une o movimento popular de dança nordestino swingueira com a palavra guerra, integra a primeira Mostra Competitiva do Festival de Curtas. Dedicada apenas a filmes brasileiros, ela reúne 14 selecionados entre os inscritos desta edição, em uma pequena mostra da pluralidade de olhares do audiovisual brasileiro contemporâneo. As exibições de Swinguerra acontecem nos dias 22 de agosto, 21h, na Cinemateca Brasileira, 24 de agosto, às 17h30, no CineSesc, e 30 de agosto, 15h, no Centro Cultural São Paulo.

A estreia se dá simultaneamente na Bienal de São Paulo. Como parte das comemorações do aniversário de 65 anos do Parque Ibirapuera, o filme será apresentado no dia 24 de agosto, das 9h às 19h, no Pavilhão da Bienal (1º andar), com entrada gratuita.

RETROSPECTIVA E MASTERCLASS

Um dos destaques dos Programas Especiais do 30º Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo, a mostra Experimenta – Bárbara Wagner e Benjamim de Burca é a primeira retrospectiva de filmes realizados pela dupla. Participam cinco curtas, que misturam realidade e ficção para estabelecer pontes entre diversas cenas da indústria musical, como o frevo pernambucano, o rap de Toronto e até a música evangélica brasileira.

Os filmes são Rise (2018), Bye Bye Deutschland! (2017), Terremoto Santo (2017), Estás Vendo Coisas (2016) e Faz que Vai (2015). O programa será exibido nos dias 23 de agosto, às 18h30, na Cinemateca Brasileira, 24 de agosto, 19h30, no CineSesc, e 27 de agosto no Cinusp.

Bárbara Wagner & Benjamin de Burca comandam ainda uma masterclass sobre audiovisual experimental. O evento gratuito e aberto ao público será no dia 23 de agosto, às 20h, na Cinemateca Brasileira (após a sessão de Experimenta).

30º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS-METRAGENS DE SÃO PAULO

Celebrando 30 anos ininterruptos de realização, o Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo, dirigido por Zita Carvalhosa e organizado pela Associação Cultural Kinoforum, apresenta gratuitamente 324 filmes de 53 países, em diferentes salas de cinema da capital paulista.

Além das tradicionais Mostras Internacional, Latino-Americana e Programas Brasileiros, que revelam um panorama do cinema contemporâneo em todo o mundo, a edição estreia a Mostra Limite, com filmes brasileiros e estrangeiros que experimentam novas linguagens, os Programas Imersivos, com documentários de Tadeu Jungle em 360º para óculos VR, filmes franceses em 3D e games brasileiros de realidade virtual, e ainda sua primeira Mostra Competitiva, especialmente para títulos nacionais.

Os Programas Especiais reúnem atrações que já fazem parte do calendário do Festival, como a Mostra Infantojuvenil, além de diferentes destaques a cada edição. Entre eles, uma seleção de curtas de Jorge Furtado, como Ilha das Flores – que também completa 30 anos –, uma mostra de curtas coreanos em homenagem aos 60 anos das relações Brasil-Coreia, incluindo obras premiado diretor Bong Joon-Ho, e ainda um programa canadense que comemora o Ano Internacional das Línguas Indígenas.

30º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS-METRAGENS DE SÃO PAULO – CURTA KINOFORUM

Programação: 22 de agosto a 1 de setembro de 2019 – Entrada gratuita

Locais: Cinemateca Brasileira, CineSesc, Museu da Imagem e do Som – MIS, Espaço Itaú Augusta, Centro Cultural São Paulo – CCSP, Cine Olido, Cinusp e CEU's Perus, Caminho do Mar e Vila Atlântica

Patrocínio: Sabesp (via Lei de Incentivo à Cultura – Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura), Ericsson (via ProAC ICMS – Secretaria de Cultura e Economia Criativa – Governo do Estado de São Paulo), SPCine, Prefeitura da cidade de São Paulo, BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), FSA (Fundo Setorial do Audiovisual), SAV (Secretaria do Audiovisual) e Ancine.
Realização: Kinoforum, Superfilmes, SESC, Cinemateca Brasileira, Museu da Imagem e do Som - MIS.
Informações: www.kinoforum.org/curtas / www.facebook.com/kinoforum

Publicado por Patricia Canetti às 9:50 AM


agosto 11, 2019

Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia 2019 - Inscrições

O Instituto Moreira Salles, entidade cultural sem fins lucrativos, institui o presente edital, que regulamenta o concurso para a seleção de um projeto eleito à Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia, edição 2019. O IMS concederá uma bolsa de pesquisa para projetos que proponham estudos sobre o seguinte eixo temático: Stefania Bril. Fotografia como ação ampliada: prática, crítica e ativação do campo da fotografia 1970-1990.

Inscrições até 4 de outubro de 2019

Instituto Moreira Salles
Avenida Paulista 2424, São Paulo, SP
bolsadepesquisa@ims.com.br

EDITAL

BOLSA IMS DE PESQUISA EM FOTOGRAFIA
edição 2019

O Instituto Moreira Salles, entidade cultural sem fins lucrativos, institui o presente edital, que regulamenta o concurso para a seleção de um projeto eleito à BOLSA IMS DE PESQUISA EM FOTOGRAFIA, edição 2019.

1. Do objeto:

1.1. Constitui o objeto do presente edital a seleção de um projeto para o estudo das coleções de fotografia conservadas no IMS.

1.2. A bolsa tem por objetivos:
a) Contribuir para a capacitação de pesquisadores que desejem investigar a história da fotografia no Brasil;
b) Fomentar pesquisas que contribuam para promover e disseminar o conhecimento sobre autores, obras, conjuntos, coleções de natureza fotográfica e arquivos documentais sobre a fotografia, sob a guarda do Instituto Moreira Salles e de outras bibliotecas, coleções, instituições arquivísticas e museológicas brasileiras.

2. Das condições gerais:

2.1. Estão aptas a se inscrever pessoas físicas, brasileiras ou estrangeiras, radicadas no Brasil há, no mínimo, 01 (um) ano, que possuam o título de mestre ou superior, com ou sem vínculo acadêmico ou institucional.

2.2. Não poderão se inscrever as pessoas físicas que sejam funcionários do Instituto Moreira Salles ou que tenham vínculo de parentesco com funcionários do Instituto Moreira Salles.

3. Das condições específicas:

3.1. O Instituto Moreira Salles concederá uma bolsa de pesquisa para projetos que proponham estudos sobre o seguinte eixo temático, que se encontra detalhado no Anexo I deste edital:

Stefania Bril. Fotografia como ação ampliada: prática, crítica e ativação do campo da fotografia 1970 – 1990.

3.2. Os candidatos deverão apresentar um único projeto de pesquisa inédito, assim entendido como um projeto de pesquisa não apresentado publicamente nem resultante de dissertação ou tese para conclusão de curso de graduação ou pós-graduação universitária.

3.3. A fim de auxiliar na elaboração do projeto de pesquisa, o ANEXO II deste edital contém links para artigos publicados por Stefania Bril.

3.4. Para a realização da pesquisa, o bolsista terá acesso ao arquivo de Stefania Bril, que se encontra sob a guarda do Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro. O arquivo inclui fotografias de sua autoria, produção textual, correspondências, recortes de jornal, entrevistas e produção fotográfica de terceiros.

3.5. O bolsista terá direito ao uso do espaço e da infraestrutura do Instituto Moreira Salles durante a duração da bolsa.

4. Das inscrições

4.1. As inscrições estarão abertas no período de 05 de agosto a 04 de outubro de 2019.

4.2. As inscrições serão realizadas em duas etapas:
- Preenchimento do formulário de inscrição online, no endereço: http://bit.ly/bolsadepesquisa2019
- Envio do material de inscrição (descrito no item 4.3), exclusivamente por e-mail, até o dia 04 de outubro, para o endereço bolsadepesquisa@ims.com.br

4.3. O material de inscrição a que se refere o item anterior compreende os seguintes documentos impressos:
- Formulário de inscrição online preenchido;
- Cópia de RG e CPF;
- Para estrangeiros, documento que comprove residência no Brasil há, no mínimo, 01 (um) ano;
- Cópia do diploma de mestrado;
- Currículo do candidato, incluindo formação acadêmica, atividades profissionais, publicações e trabalhos técnicos realizados (arquivo em word e pdf);
- Cópia do projeto de pesquisa (arquivo em word e pdf) com, no máximo, 10 páginas, especificando:
. Tema da pesquisa;
. Objetivos;
. Metodologia;
. Pertinência do projeto;
. Fontes e materiais documentais e iconográficos a serem pesquisados nos acervos do IMS e em outras instituições;
. Resultados previstos.

5. Da seleção:

5.1. O processo seletivo será realizado em duas etapas:

- Habilitação dos candidatos, com o objetivo de verificar o cumprimento das exigências previstas neste edital;
- Avaliação do currículo e do projeto dos candidatos, segundo os critérios previstos neste edital, por uma Comissão de Seleção, a ser constituída por três profissionais, indicados pelo Instituto Moreira Salles;

Eventuais entrevistas, presenciais ou por Skype, poderão ser requeridas pela Comissão de Seleção, para fins de esclarecimentos ou desempate.

5.2. A Comissão de Seleção levará em consideração as seguintes diretrizes:
- Qualificação do candidato e sua experiência em projetos de pesquisa correlatos;
- Qualidade e pertinência do projeto apresentado.

5.3. A análise dos projetos e currículos, assim como eventuais entrevistas ocorrerão no período de 07 a 31 de outubro de 2019.

5.4. O resultado final com o nome do bolsista selecionado será divulgado no site do IMS (https://ims.com.br/), em novembro de 2019.

5.5. A pesquisa deverá ser iniciada no prazo de 5 (cinco) dias após a formalização dos
documentos referidos no item 6.4 a seguir.

6. Da bolsa:

6.1. A Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia – edição 2019 terá duração máxima de 01 (um) ano.

6.2. O valor bruto da bolsa será de R$ 30.000,00 (trinta mil reais).

6.3. O pagamento da bolsa será efetuado em 12 (doze) parcelas mensais ​no valor bruto de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais)​, sobre o qual serão descontados o imposto de renda à alíquota estabelecida pela Receita Federal do Brasil na ocasião do pagamento e eventuais tributos instituídos durante a vigência da bolsa​.​

6.4. O bolsista selecionado deverá entregar ao Instituto Moreira Salles, no prazo de até 7 (sete) dias úteis a contar da data da publicação do resultado, os seguintes documentos:
- Dados bancários (banco, agência e conta-corrente);
- Comprovante de residência; e
- Contrato assinado.

6.5. Não serão aceitos pedidos de reconsideração do resultado final da seleção.

6.6. O material de inscrição dos projetos de pesquisa não selecionados será inutilizado.

7. Das obrigações:

7.1. O bolsista selecionado deverá realizar as atividades de pesquisa do acervo sob guarda do Instituto Moreira Salles presencialmente, no Centro Cultural do Instituto Moreira Salles, na cidade do Rio de Janeiro.

7.2. Para acompanhar o desenvolvimento do projeto, serão realizados encontros bimensais entre o bolsista selecionado e a coordenação da Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia.

7.3. O bolsista deverá entregar três relatórios parciais, um a cada 90 (noventa) dias, a começar pela data de início da pesquisa. A continuação das atividades e a vigência da bolsa serão condicionadas à aprovação dos relatórios pela Comissão de Seleção.

7.4. Após a conclusão do projeto de pesquisa, o bolsista deverá apresentar os seguintes resultados finais: (i) relatório final, (ii) artigo de conclusão da pesquisa, e (iii) palestra aberta ao público sobre os resultados de sua pesquisa, em local a ser definido pelo Instituto Moreira Salles.

7.5. Eventuais mudanças no projeto de pesquisa deverão ser discutidas com a coordenação da Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia.

7.6. O pagamento da última parcela da bolsa está condicionado à entrega do relatório final, aprovado pela Comissão de Seleção, e do artigo referidos no item 7.4 acima.

7.7. O pesquisador selecionado licenciará ao Instituto Moreira Salles o direito de exclusividade para divulgar, reproduzir, publicar, traduzir e/ou utilizar os resultados finais do projeto pelo prazo de um ano, a contar da data de pagamento da última parcela da bolsa.

7.8. Após o prazo referido no item 7.7 acima, o Instituto Moreira Salles terá o direito de exibir, divulgar, reproduzir, publicar, traduzir e/ou utilizar, por qualquer meio ou forma, os resultados finais do projeto em todo e qualquer evento, atividade e projeto de natureza comercial, institucional e/ou cultural do Instituto Moreira Salles;

7.9. Após o prazo referido no item 7.7 acima, o bolsista selecionado poderá dispor integralmente dos resultados finais do projeto, observada a disposição do item 8, a seguir.

8. Dos créditos:
Toda e qualquer divulgação dos resultados finais ou parciais do projeto deverá ser sempre acompanhada do seguinte crédito: “Realizado com incentivo da Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia – edição 2019”.

9. Das disposições gerais:

9.1. O ato da inscrição implica a plena aceitação das normas constantes no presente edital.

9.2. Os casos omissos serão apreciados e resolvidos pela Comissão de Seleção, ficando desde logo eleito o Foro Central da Comarca do Rio de Janeiro para dirimir eventuais questões relativas a este edital.

9.3. O Instituto Moreira Salles não se responsabiliza pelas licenças e autorizações necessárias à realização do projeto selecionado, sendo estas de total e exclusiva responsabilidade do bolsista selecionado.

9.4. A inexecução total ou parcial do projeto contemplado neste edital implicará a adoção de medidas judiciais cabíveis e a devolução, por parte do bolsista selecionado, dos recursos recebidos, atualizados de acordo com a legislação vigente à época em que se realizar a respectiva quitação.

9.5. O bolsista selecionado será o único e exclusivo responsável pela realização do seu projeto, isentando o Instituto Moreira Salles de qualquer responsabilidade sobre o mesmo.


Baixar versão PDF do edital e anexos da edição 2019 da Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia

Publicado por Patricia Canetti às 10:09 AM


julho 28, 2019

Convocatória Território Livre - Marcos da Memória da UNB - Inscrições

A Diretoria de Difusão Cultural (DDC / DEX /UnB), em parceria com a Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB) torna pública a Convocatória para uma Residência Artística Território Livre. A residência tem como propósito provocar o debate e a produção artística, tendo como tema a história da Universidade durante o período do regime militar. As inscrições estão abertas para a comunidade interna e externa à comunidade acadêmica, em todo o território nacional.

Inscrições até 22 de julho de 2019 PRORROGADAS até 30 de agosto de 2019

Território Livre Marcos da Memória da UNB
I Convocatória de Residência Artística para Elaboração de Proposta para Criação de Marcos da Memória da UnB.

A Diretoria de Difusão Cultural (DDC), do Decanato de Extensão (DEX), em parceria com a Associação de Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB), tornam pública a:

CONVOCATÓRIA DE RESIDÊNCIA ARTÍSTICA PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA PARA CRIAÇÃO DE MARCOS DA MEMÓRIA DA UNB.

Inscrições de 4 de junho a 22 de julho de 2019 PRORROGADAS até 30 de agosto de 2019

“TERRITÓRIO LIVRE” Marcos da Memória da UnB

Autonomia universitária: a Lei (nº 3.998, de 15 de dezembro de 1961) que autoriza a criação da Fundação Universidade de Brasília e o seu Plano Orientador, tem como princípio a garantia do livre exercício de cátedra, da diversidade de pensamento, de liberdades científica, artística, cultural e política. Como forma de afirmar essa essência, entre 1964 e 1985, quando a Universidade viu sua autonomia ser mais gravemente ameaçada, surge entre os discentes a expressão: “UnB: Território Livre”.

Como forma de reafirmar a Universidade de Brasília como espaço de liberdade e memória, a Diretoria de Difusão Cultural (DDC/DEX) e a Associação de Docentes da UnB (ADUnB) resgatam a expressão “TERRITÓRIO LIVRE”. Constituem os objetivos principais do projeto:

a) Marcar, por meio de sinalização, espaços e roteiros históricos do Campus Universitário Darcy Ribeiro (Asa Norte);

b) Criar espaços de convivência, de estímulo, de encontro e livre debate de ideias entre os membros da comunidade universitária.

c) Fomentar ações de memória na UnB.

1. OBJETO

Selecionar 01 (um) proponente para participar de residência artística para elaboração de proposta de marcos da memória que possam ser replicados em diferentes contextos e locais da Universidade, desde praças em espaços abertos a jardins internos aos prédios dos campi.

2. OBJETIVO

Com o objetivo de promover encontros entre pessoas e estimular o livre debate das ideias, os marcos podem servir para compor um espaço de memória, sendo acompanhados de uma sinalização própria, ou para constituir pequenos núcleos de convivência espalhados pelos campi.

3. PROPONENTES

Podem concorrer à presente Convocatória membros da comunidade interna e externa à UnB, com idade mínima de 18 (dezoito) anos.

4. INSCRIÇÃO

4.1 O (a) residente deverá enviar a Ficha de Inscrição (Anexo 1, link no site dex.unb.br), devidamente preenchida, currículo profissional, portfólio digital e carta de intenções, via e-mail (territoriolivreunb@gmail.com);

4.2 Ao se inscrever, o (a) residente receberá uma notificação, por e-mail, de confirmação de recebimento da inscrição;

4.3 No caso do (a) residente estrangeiro (a), faz-se importante levar em consideração o tempo necessário para a retirada do eventual visto de permanência para a participação da residência, que é de sua exclusiva responsabilidade:

4.3.1 A UnB fornecerá Carta-convite.

4.4 O (a) selecionado (a) deverá estar disposto (a) a atuar de maneira colaborativa com eventuais convidados e curadores, uma vez que as trocas de experiências, ideias e experimentações são a base do modo de trabalho da presente residência;

4.4.1 O envio da inscrição significa a aceitação deste regulamento.

5. SELEÇÃO

5.1 A seleção do (a) residente será realizada em duas etapas;

5.2 A pré-seleção será realizada por membros da comissão e curadores convidados;

5.3 A Comissão de Seleção levará em conta a trajetória do (a) residente; a capacidade de disseminação e/ou de desdobramentos da proposta em outros contextos e a abertura para a interação do (a) residente com o corpo técnico que atuará na residência;

5.4 O (a) residente aprovado na pré-seleção será entrevistado, presencialmente, ou via skype, em data oportuna;

5.5 O resultado da seleção será divulgado na página do Decanato de Extensão: dex.unb.br

5.6 A decisão de mérito da comissão é soberana e irrecorrível.

6. DURAÇÃO

A duração da residência será de um mês. As datas serão definidas pelo (a) artista selecionado (a) em acordo com a comissão, entre agosto e dezembro de 2019.

7. DO APOIO AO (À) SELECIONADO (A)

7.1 Hospedagem - será concedida ao residente selecionado (a) a estadia de 30 (trinta) dias em apartamento de trânsito da Universidade de Brasília, localizado no Campus Universitário Darcy Ribeiro (Asa Norte);

7.2 Alimentação - ficará a cargo do (a) residente;

7.3 Transporte - o transporte aéreo, para não residente no Distrito Federal, será oferecido pela ADUnB, em data e horários que sejam mais econômicos, desde que compatíveis com o período da residência:

7.3.1 Todo deslocamento local deve ser subsidiado pelo próprio selecionado, com exceção daquele que faça parte da programação de envolvimento da comunidade local.

7.4 Ateliê de criação e processos - o espaço para criação, produção, debate, investigação e pesquisa será o ateliê da Casa da Cultura da América Latina - CAL/UnB;

7.5 Bolsa manutenção - para custear as necessidades não preenchidas nesta Convocatória, será concedida pela ADUnB uma bolsa de R$3.000,00 (três mil reais) pelo tempo da residência:

7.5.1 A Bolsa de manutenção terá início na assinatura do Termo de Compromisso, podendo ser concedida ao final da residência.

8. DO (A) RESIDENTES

8.1 O (a) residente deve estar disposto a trabalhar de maneira colaborativa, coletiva e experimental, sendo essas as bases de produção da presente residência;

8.2 O (a) residente terá acesso ao ateliê em tempo integral e sua utilização deverá respeitar as Regras e Condições de Uso;

8.3 Fará parte do escopo de atividades do selecionado participarda organização e apresentação de oficinas, palestras e debates sobre seu processo criativo, podendo, ainda, sugerir atividades;

8.4 Cabe ao residente participar de toda programação da residência, bem como da montagem da eventual apresentação de encerramento;

8.5 O (a) residente se responsabiliza em realizar sua pesquisa, que será acompanhada por membros da Comissão- UnB e curadores;

8.6 O (a) residente selecionado (a) deverá assinar um Termo de Compromisso, comprometendo-se a aceitar o Regulamento, os Termos e Condições da Residência;

8.7 A não assinatura do Termo de Compromisso pelo selecionado implica no cancelamento da participação deste na residência:

8.7.1 O Termo de Compromisso não implica vínculo empregatício.

8.8 Cabe ao residente participar de toda a programação da residência, bem como estar presente e atuante nas atividades;

8.9 A participação do (a) selecionado (a) deve ser por período integral;

8.10 O (A) residente não poderá se ausentar de Brasília sem prévia autorização da comissão;

8.11 O (a) residente deverá assinar declaração informando ser de sua exclusiva autoria os direitos de exibição das obras a serem produzidas e expostas, bem como a cessão dos direitos de uso das imagens para efeito de divulgação, publicação e veiculação de informações e de registro de toda residência;

8.12 O (a) residente selecionado (a) ficará responsável pela preservação do espaço físico que ocupar, bem como pelos bens nele presentes;

8.13 Cabe ao (a) residente zelar pelos espaços de uso comum e individual da residência, mantendo-os fechados quando se ausentar;

8.14 É de responsabilidade do (a) residente produzir um relatório final com as especificidades exigidas pela Comissão Organizadora;

8.15 O (a) residente deverá assinar um Termo de Uso de Imagem autorizando a UnB e todos os parceiros e patrocinadores envolvidos, a utilizar sua imagem, do processo de residência e de sua obra produzida, em sua divulgação institucional, e não comercial, em todos os tipos de mídias que achar pertinente;

8.16 É de responsabilidade do (a) residente seguir todas as normas do Termo e Condições da Residência, preservando seu próprio bem-estar e dos demais presentes;

8.17 O (a) residente deve assinar termo de autorização para execução da obra proposta e cessão dos direitos autorais sobre a mesma, para a UnB.

8.18 O (a) residente deverá creditar a CATMV- UnB, CAL/DEX/UnB e a ADUnB em todas as documentações produzidas durante o período da residência e, posteriormente, quando o projeto for exposto ou divulgado.

8.19 O (A) residente deverá comunicar a CATMV- UnB, CAL/DEX/UnB e a ADUnB sobre as exposições, publicações e projetos cuja obra apareça.

8.20 O (A) selecionado (a) deverá ceder à CATMV- UnB, CAL/DEX/UnB e a ADUnB o material documental (p. ex. catálogos, publicações) referentes ao seu trabalho.

9. DA ACEITAÇÃO DO REGULAMENTO

9.1 O (a) residente, ao se inscrever, aceita todas as condições desta Convocatória;

9.2 O (a) residente será admitido (a) na Residência Artística após assinar o contrato, concordando com este regulamento e deverá assinar os Termos e Condições da Residência;

9.3 Em casos de desistência do Programa, comportamento inadequado frente às Regras e Termos e Condições da Residência, infrações referentes ao presente regulamento, o(a) residente estará sujeito (a) às sanções determinadas por esta residência, incluindo o possível desligamento do intercâmbio;

9.4 Os casos omissos serão dirimidos pela Comissão Organizadora e, a estes, não caberá recurso.

10. CRONOGRAMA (ATUALIZADO)

Inscrições:
4 de junho a 30 de agosto

Divulgação do resultado da primeira etapa da seleção:
5 de setembro de 2019

Divulgação do resultado final:
13 de setembro de 2019

Diretoria de Difusão Cultural
(Decanato de Extensão / DEX - UnB)

Acesso online - convocatória, cronograma e ficha de inscrição

Publicado por Patricia Canetti às 12:28 PM


1ª edição do Edital CoMciência – Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia - Inscrições

Museu contempla com até R$ 15 mil projetos de arte, ciência e tecnologia: Edital de ocupação é válido para projetos de toda a América Latina

O MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, localizado em Belo Horizonte, abre suas portas para a ocupação criativa de seus espaços. Artistas, pesquisadores, engenheiros, matemáticos e diferentes profissionais, de toda a América Latina, podem inscrever seus projetos em áreas como biologia, telecomunicações, ciências físicas, sistemas digitais, entre diversas outras. As inscrições são realizadas até 22 de agosto de 2019, pelo site http://programacomciencia.org.br/. O edital faz parte do programa CoMciência de divulgação científica do Museu.

Edital em português está copiado abaixo, acessar online as versões em espanhol e inglês.

“O edital é uma ação ímpar de divulgação científica. Queremos abrir o espaço do Museu para que a população o ocupe e faça dele um lugar de circulação de conhecimento, de interdisciplinaridade, de desmistificação da ciência. Queremos aproximar esses conceitos da sociedade e fazer com que todos entendam que arte, ciência e tecnologia são linguagens que se integram”, afirma Márcia Guimarães, gestora do MM Gerdau.

Para Tadeus Mucelli, um dos curadores do edital, iniciativas como esta são fundamentais, pois abrem espaços para a discussão sobre a relação entre a arte, a ciência e a tecnologia junto à sociedade. “Vivemos em uma sociedade altamente envolvida nos processos técnicos com forte influência em nossa cultura. Diante disso, arte, ciência e tecnologia comportam diálogos interdisciplinares e complementares na tentativa de explicar o nosso mundo e desenvolvermos nossas habilidades perante os desafios que vão surgindo. É somente por meio de um pensamento conjunto que podemos superar diferenças conceituais e práticas da vida,” afirma. Alexandre Milagres, também curador do edital completa que “por meio deste edital o Museu demonstra seu protagonismo na divulgação científica e se alinha internacionalmente aos principais centros e instituições de pesquisa, que trabalham há algum tempo com esta convivência produtiva e criativa entre as áreas”.

Sobre o edital

O Edital CoMciência – Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia é uma chamada a artistas, cientistas e demais criadores e pesquisadores a proporem ocupações em espaços do MM Gerdau – Museu das Minas e Metal com projetos que transitem nos limites entre arte, ciência e tecnologia. As exposições dos projetos selecionados ocorrem entre dezembro deste ano e março de 2020.

A iniciativa conta com a curadoria de Alexandre Milagres e Tadeus Mucelli. Milagres é professor e artista digital, coordenador educacional do FAD - Festival de Arte Digital, membro do conselho curatorial da Bienal de Arte Digital, Mestre em Comunicação, pesquisador dos produtos e relações mediadas pelo digital, das relações de aproximação entre cinema e vídeo, das potencialidades artísticas e mercadológicas com a ampliação do acesso às tecnologias móveis e interativas. Foi também Presidente do Observatório da Diversidade Cultural, coordenou a UNA TV e o Núcleo de Convergência da UNA e coordenou os cursos de Publicidade e Jornalismo no UNIPAM. Mucelli é artista, curador, pesquisador e gestor de projetos em arte tecnológica e cultura digital. Possui graduação em Gestão de Organizações do Terceiro Setor pela Universidade do Estado de Minas Gerais por meio da Faculdade de Políticas Públicas (UEMG/FAPP). Mestre em Artes pelo programa de pós-graduação stricto sensu da Universidade do Estado de Minas Gerais com temática sobre a memória, preservação e patrimônio digitais. É Doutorando em Ciências da Informação pela ECI/UFMG.

Conheça o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal

O MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, integrante do Circuito Liberdade desde 2010, é um museu de ciência e tecnologia que apresenta de forma lúdica e interativa a história da mineração e da metalurgia. Em 18 áreas expositivas, estão 44 atrações que apresentam, por meio de personagens históricos e fictícios, os minérios, os minerais e a diversidade do universo da Geociências. O Prédio Rosa da Praça da Liberdade, onde funciona o espaço cultural, foi inaugurado em 1897, juntamente com Belo Horizonte. Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA), o edifício passou por meticuloso trabalho de restauro, que constatou que a decoração interna seguiu o gosto afrancesado da época, com vocabulário neoclássico e art nouveau. O projeto arquitetônico para a nova finalidade do Prédio Rosa, que já foi Secretaria do Interior e da Educação, foi feito por Paulo Mendes da Rocha e a museografia, que usa a tecnologia como aliada da memória e da experiência, é de Marcello Dantas.

EDITAL

Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia: www.programacomciencia.org.br

1 - DO EDITAL

1.1. O Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia, por meio do seu representante legal, Associação Mantenedora do Museu das Minas e do Metal, com sede em Belo Horizonte/MG, e sua coordenação denominada Comissão Organizadora, responsável pela gestão e produção de todas as etapas do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia, tornam pública a todos os interessados a abertura de inscrições para o Processo de Seleção, estabelecendo os prazos e condições para participação expostos neste Edital.

1.2.O edital estará aberto para inscrições no período de 22 de junho a 22 de agosto de 2019, e resultará na seleção de propostas para ocupação expositiva do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, de 12 de dezembro de 2019 a 15 de março de 2020, nas dependências desta mesma instituição, na cidade de Belo Horizonte.

1.3. O "Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia" trata-se de uma ação de democratização do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, por meio da ocupação criativa de seus espaços, que articule arte, ciência e tecnologia, em diálogo com a proposta de divulgação científica do Programa CoMciência e com a vocação para a produção de conhecimento, reflexão e divulgação em ciência e tecnologia.

2- DO TEMA

2.1. A temática escolhida para a 1ª edição do Edital CoMciência trata da imensidão do que ainda há para ser descoberto e do papel central da integração entre arte, ciência e tecnologia neste processo.

O Edital ComCiência é uma chamada a Artistas, Cientistas e demais criadores e pesquisadores, a proporem ocupações em espaços do MMGerdau - Museu das Minas e do Metal por meio de projetos que transitem nos limites entre arte, ciência e tecnologia, com a potência de suscitar novas perguntas à humanidade e ao mundo em que se insere e transforma. Um convite àqueles que retomam o legado de Leonardo Da Vinci, não vendo distinções sobre as formas de conhecimento. Arte e Ciência juntas, como algo capaz de mudar a realidade, propondo novos espaços e narrativas ao uso das tecnologias, deslocando nosso olhar para uma dimensão mais social e humana da ciência e de suas produções técnicas, e ao mesmo tempo, como uma forma de antever e imaginar o futuro que queremos. Este edital é um chamado àqueles que desejam compartilhar deste processo de formular questões.

O texto completo e norteador deste edital se encontra disponível em www.programacomciencia.org.br

3 - DOS TRABALHOS E PROPOSTAS A SEREM INSCRITOS

3.1 Compreende-se como trabalhos e propostas alinhados ao presente edital e alinhados ao processo curatorial os seguintes subtemas e modelos - não se limitando nem e tão somente a estes - com base nos estudos de Stephen Wilson;

a) Biologia - microbiologia, genética, comportamento de plantas e animais, o corpo, processos cerebrais-corporais, tecnologias imagéticas do corpo, medicina;

b) Ciências físicas - física das partículas, energia atômica, geologia, física, química, astronomia, ciências espaciais e tecnologia GPS, nanotecnologias;

c) Matemática e algoritmos - fractais, arte genética, vida artificial, inteligência artificial AI, ;

d) Cinética - eletrônica conceitual, instalações sonoras e robótica;

e) Telecomunicações - telefonia móvel, rádio, telepresença, web arte, netart telemática, etc;

f) Sistemas digitais - mídias interativas, realidade virtual (VR), realidade aumentada (VA), sensores alternativos – tato, movimento, olhar, características pessoais, ativação de objetos, som 3D, fala, visualização científica, visualização de dados, vigilância, sistemas de informação, IoT - internet das coisas etc;

4 - DO OBJETIVO

4.1. Objetivo Principal

4.1.1. Selecionar, através desse processo, obras e trabalhos artísticos, científicos e intelectuais de pessoas, projetos, coletivos e grupos de traballho, para ocupação criativa do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal via Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia do Programa CoMciência, em formato de exposição, que ocorrerá na cidade de Belo Horizonte (MG/Brasil), no período de 12 de dezembro de 2019 a 15 de março de 2020.

4.1.2 Compreende-se como obras e trabalhos artísticos, científicos e intelectuais para este Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia as proposições que tenham o objetivo expositivo como arte eletrônica, arte computacional, arte tecnológica e digital, artes visuais, artes sonoras, artes integradas que se proponham resultado expositivo ou trabalho continuado (working progress) abrangendo amplo espectro conceitual de propostas, como trabalhos em bioarte, computação física e quântica, visualização de dados, telemática, robótica entre outros.

4.1.3 Compreende-se que a intenção de seleção do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia seja selecionar trabalhos que envolvam os conceitos de arte e tecnociência de forma associada. Significa dizer o especial interesse por um reconhecimento comum da ciência como campo ampliado sobre a vida e a cultura nas sociedades contemporâneas. Um olhar intensificado sobre as ações do desenvolvimento e conhecimento na sociedade.

4.2. Objetivos Conceituais

4.2.1. São objetivos conceituais deste processo seletivo:

a) democratizar e ampliar o acesso à produção de conhecimento;
b) refletir sobre a produção tecnocientífica por meio das artes;
c) realizar uma programação expositiva na cidade de Belo Horizonte por meio do MM Gerdau - Museus das Minas e do Metal, capaz de veicular o que vem sendo realizado no Brasil, por artistas, cientistas, estudiosos, pesquisadores, estudantes e profissionais de diversas áreas e campos afins;
d) colaborar com a consolidação do conhecimento científico e artístico;

5 - DAS ETAPAS

5.1. O processo de seleção previsto neste Edital se divide nas 8 (oito) etapas a seguir:

Etapa Atividade Período
1 Inscrição 22/06/2019 a 22/08/2019
2 Homologação 15/08/2019 a 25/08/2019
3 Análise Curatorial, Técnica e Entrevistas 26/08/2019 a 20/09/2019
4 Divulgação dos Selecionados 20/09/2019
5 Definição de plano de trabalho 21/09/2019 a 28/09/2019
6 Contratação 21/09/2019 a 04/10/2019
7 Execução de Trabalho e Propostas 07/10/2019 a 07/12/2019
8 Exposição 12/12/2019 a 15/03/2020

6 - DAS INSCRIÇÕES

6.1 Podem se inscrever nesse edital, gratuitamente, todos os interessados, tais como artistas, cientistas, pesquisadores, criadores, produtores de conteúdo, profissionais de diversas áreas e intelectuais brasileiros e estrangeiros na forma de inscrições individuais ou coletivas (estas representadas por um único integrante).

6.2. As inscrições serão feitas exclusivamente por meio de formulário digital disponível no endereço eletrônico www.programacomciencia.org.br.

6.3. Formulários incompletos não serão validados.

6.4. Ao fazer sua inscrição, o(a) candidato(a) deverá responsabilizar-se para que o material, obrigatório ou complementar, tenha uma qualidade satisfatória (legível, compreensível, e materiais anexos e links não corrompidos) para a compreensão das propostas de trabalho por parte da curadoria.

6.5. A inscrição neste edital exige postagem de material de apoio/complementar em sites como Vimeo, YouTube, Facebook, Instagram, entre outros, ou na forma de links para download que não expirem e sejam de fácil acesso à Comissão Organizadora. Em caso de links que exijam senhas, é de responsabilidade do(a) candidato(a) a disponibilização destas no ato da inscrição para o acesso ao material.

6.6. Não poderão se inscrever neste Edital, menores de 18 anos, artistas, criadores, produtores e profissionais que sejam funcionários ou prestadores de serviço das empresas e organizações envolvidas ou de qualquer uma das empresas que fazem parte da Comissão Organizadora. Caso seja constatada tal irregularidade, mesmo que selecionado, os proponentes serão excluídos.

7 - DAS DEMAIS ETAPAS

7.1 A etapa de homologação é a etapa de confirmação de inscrições por meio de publicização de listagem de participantes validados. Em caso de não confirmação de inscrição do proponente em listagem pública promovida nessa etapa no site www.programacomciencia.org.br, o mesmo terá 5 dias para se manifestar por meio de email.

7.2 Análise curatorial e técnica é a etapa de análise pela curadoria e comissão organizadora do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia. Esta etapa envolve a análise conceitual, operacional, financeira e técnica. Nesta fase também podem ser realizadas entrevistas presenciais ou via internet com os proponentes para dirimir dúvidas sobre os projetos.

7.3 Divulgação dos selecionados é etapa de publicização dos resultados da curadoria do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia. O resultado será publicado única e exclusivamente por meio do site www.programacomciencia.org.br. Ao resultado homologado não cabe recurso à curadoria e comissão organizadora. Uma lista de projetos suplentes será divulgada a critério da comissão organizadora.

7.4 Definição de plano de trabalho é a etapa em que, conjuntamente com a curadoria e comissão organizadora, serão definidos o plano de trabalho de cada projeto, prevendo as fases de pré-produção, produção e execução da exposição. O plano de trabalho deverá ser seguido a rigor do cumprimento de contrato, sendo passível de nulidade em caso de descumprimento pelo selecionado, ficando a critério da comissão organizadora a seleção de projeto suplente.

7.5 Contratação é a etapa de formalização com base no plano de trabalho desenvolvido e acordado com definição de prazos, obrigações e direitos.

7.6 Execução de trabalhos e propostas é a etapa de pré-produção e produção de trabalhos conforme cronograma de execução definido no plano de trabalho. Nesta fase, haverá suporte técnico, financeiro e operacional aos selecionados.

7.7 Exposição é a etapa de execução da exposição resultante do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia, com participação dos selecionados durante o período previsto em contrato. Nesta etapa os selecionados devem dar suporte durante todo o período expositivo, conforme definido em contrato.

8 - DAS CONTRAPARTIDAS AOS PROJETOS/ PROPONENTES

8.1 São destinados aos projetos selecionados do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia:

a) Verba de cachê artístico sob os seguintes critérios;

Categoria Valor
Proponentes de Trajetória Amplamente Reconhecida De R$ 10.000,00 até R$ 15.000,00 reais
Proponentes em Projeção de Carreira De R$ 3.000 até R$ 5.000,00 reais

8.1.1 Compreende-se "Proponentes" como sendo, artistas, cientistas, pesquisadores, profissionais, criadores etc.

b) Verba de execução de projetos e trabalhos sob os seguintes critérios;

Modalidade Valor
Projetos e/ou Propostas Inéditos até R$ 15.000,00 reais
Projetos e/ou Propostas em Desenvolvimento até R$ 7.000,00 reais
Projetos e/ou Propostas Existentes *ajuda de custo até R$ 1.000,00 reais

8.1.2 Compreende-se como;

- Projetos e/ou Propostas Inéditos são projetos nunca antes executados e inéditos em formato e proposta. Projetos a serem desenvolvidos exclusivamente para o edital nunca antes exibidos.
- Projetos e/ou Propostas em Desenvolvimento são projetos em fase intermediária, que já possuem algum produto viável ou parte dele desenvolvidos, mas nunca antes exibidos de forma completa.
- Projetos e/ou Propostas Existentes são projetos que já foram exibidos em outras mostras, festivais, editais e que já estão desenvolvidos e finalizados.

8.2. O Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia se compromete a proporcionar aos selecionados de forma complementar:

a) disponibilizar Equipe de técnica de operações e montagem;
b) disponibilizar Expografia, Sinalização e Mobiliário para a exposição, conforme anexo III (disponível em site programacomciencia.org.br);
c) disponibilizar Equipe de manutenção (não técnica e específica);
d) disponibilizar Equipe de de educadores e mediação do setor Educativo.;
e) disponibilizar Alimentação durante o período de montagem às equipes envolvidas;
f) disponibilizar Transporte e logística de transporte de carga aos artistas (quando necessário);
g) disponibilizar Equipe de comunicação para acompanhamento de artistas em entrevistas (quando necessário);
h) disponibilizar Museólogo e técnicos especializados para a boa execução do projeto de exposição;
i) promover os trabalhos em meios digitais e tradicionais de comunicação e imprensa.

9 - DA SELEÇÃO - ANÁLISE TÉCNICA E CURATORIAL

9.1. Etapa - Seleção Técnica

9.1.1. Os projetos serão analisados pela comissão organizadora, realizando estudos de viabilidade das propostas enviadas. Nesta fase, se o material enviado durante a inscrição não for suficiente para a análise, poderá haver comunicação diretamente com os proponentes (via email, videoconferência). São consideradas nesta fase:

a) desenvolvimento técnico-científico;
b) viabilidade orçamentária e operacional;

9.1.2. No ato da inscrição, o proponente deve observar as imagens, mapas e riders mobiliário e técnico dos locais disponibilizados neste edital. Deve-se compreender, entender e aceitar que a obra deverá estar dentro das condições destes ambientes, excluídos os casos em que a proposta se amplia para ambientes virtuais ou de realidade aumentada para fora do ambiente físico do local sede do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal.

9.2 Etapa - Seleção Curatorial

9.2.1. A escolha dos trabalhos e obras será feita por meio da análise conceitual a partir do material enviado pelo proponente e em conformidade com os objetivos deste edital (itens 3.1 e 3.2). Serão avaliados:

a) conceito estruturante da proposta;
b) aproximação da temática do edital (arte, ciência e tecnologia);
c) alinhamento aos objetivos do edital (itens 3.1 e 3.2);

9.2.2. A critério da curadoria, os proponentes poderão ser convocados para entrevistas presenciais ou através de plataformas online (skype etc), quando aplicável, a proponentes de outras cidades, estados e países nesta etapa. A não participação em caso de convocação em data previamente agendada ensejará a eliminação do candidato.

9.2.3 São critérios de seleção e uso exclusivo da Curadoria e Comissão organizadora;

Fases e Critérios Peso e Análise
A Desenvolvimento técnico-científico 2
B Viabilidade orçamentária e operacional 1
C Conceito estruturante da proposta 2
D Aproximação da temática do edital 1
E Alinhamento aos objetivos do edital 1

9.2.4 A seleção e decisões da curadoria e comissão organizadora são soberanas, não cabendo qualquer tipo de recurso contra os resultados.

10 - DA DIVULGAÇÃO

10.1. O resultado dos projetos e proponentes selecionados (artistas, cientistas, pesquisadores, criadores, produtores de conteúdo, profissionais de diversas áreas e intelectuais brasileiros e estrangeiros) será anunciado no dia 20 de setembro de 2019, exclusivamente no próprio site do Programa CoMciência (www.programacomciencia.org.br) e canais do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal (site www.mmgerdau.org.br e redes sociais).

11 - DOS SELECIONADOS

11.1. Os selecionados serão comunicados preferencialmente via e-mail. Caso não seja possível, serão contatados por telefone.

11.2. Os selecionados que não responderem a tempo às exigências documentais nos prazos e limites estabelecidos após a confirmação da seleção serão automaticamente excluídos da seleção para o Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia.

11.3. Os selecionados irão receber o contato de um membro da comissão organizadora, para esclarecimento de detalhes dos trabalhos e efetivação de todos os documentos necessários para garantir a participação e contratação.

11.4. Como condição para que possam participar desta edição do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia, os selecionados devem apresentar os documentos necessários para a formalização de sua participação listados nos anexos: Condições de Gerais de Paricipação (Anexo I), Observação às Especificações dos Espaços Disponíveis para Ocupação, Rider Mobiliário e Técnico e Planta Baixa (Anexos II, III e IV respectivamente), Termo de Acordo (contrato), Licenciamento de Direitos Autorais e Autorização de Uso de Imagem. Os Anexos estão disponíveis no site www.programacomciencia.org.br.

12 - DISPOSIÇÕES FINAIS

12.1 Fica definido o site www.programacomciencia.org.br para a divulgação de informações oficiais, sem prejuízo da utilização de outros veículos de comunicação de que venha a dispor.

12.2 Esclarecimentos poderão ser obtidos através e tão somente através do email contato@programacomciencia.org.br. Não haverá atendimento por telefone ou outro meio de comunicação.

12.3 Esse edital pode ser suspenso ou cancelado, no todo ou em parte, por decisão motivada de seus organizadores.

12.4 Os casos omissos e situações não previstas neste edital serão solucionados pela Comissão Organizadora.

ANEXO I - CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO

1. Da Inscrição no edital e participação

1.1 Os proponentes e suas propostas devem preencher todo o formulário online e digital, incluindo todos os anexos e links solicitados. As inscrições incompletas serão desconsideradas.

1.2 Projetos inéditos ou em fase de desenvolvimento devem apresentar claramente a propostas de viabilidade financeira e operacional de execução, respeitando as características dos espaços disponíveis, bem como suas restrições de uso em função do tombamento da edificação, conforme Anexo conforme os prazos deste edital e o período previsto de exposição. Nos casos mais complexos, deverá ser incluída documentação de outras fontes de recursos ou apoios que estejam envolvidos de maneira formal (cartas de anuência) de pessoas ou instituições, prioritárias a execução do projeto/proposta.

1.3. Após a seleção, participantes que atenderem aos critérios descritos deverão assinar, nos prazos definidos no Edital, os documentos hábeis a formalizar a sua participação conforme item 8.4.

1.4. Após o fim do prazo estipulado pela comissão organizadora para apresentação dos documentos, e uma vez não apresentados os documentos, os projetos serão considerados “não elegíveis a participação”, e a comissão organizadora terá o direito de selecionar outro inscrito para a vaga.

2. Da pré-produção, produção,execução e montagem dos projetos e propostas

2.1. Um plano de trabalho deverá ser demonstrado desde o período de inscrição, conforme formulário do edital, onde será possível apresentar o cronograma e etapas de trabalho. Esse mesmo plano de trabalho será revisto na fase de contratação, sendo o mesmo anexo ao termo de participação do proponente.

2.2 Uma vez determinados os meses de execução da fase de produção e os dias e horários de montagem que antecede a exposição, o atraso da montagem não poderá acarretar na não viabilidade da exposição da obra ou da apresentação artística. Em caso de não funcionamento por instabilidade do projeto de exposição da obra, ou não realização (no show) de apresentação artística, a programação não será alterada.

2.3 A fase de pré-produção e produção será acompanhada por equipe técnica do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia. É obrigação do proponente selecionado, observar os prazos e cronograma de execução, atualizando a comissão organizadora e a curadoria do andamento e fases de execução, preferencialmente de forma documental, através de e-mails, fotos e vídeos.

2.4 Os participantes selecionados contarão com estrutura técnica (vide anexos II, III e IV) e apoio de profissionais especializados, descrito nesse edital (item 6.2), como auxiliar de montagem (galeria) e/ou supervisor (produção executiva), e/ou coordenador.

2.5. No caso das obras interativas, computacionais e eletrônicas para exposição, o projeto selecionado deverá enviar um documento em formato PDF com as instruções detalhadas da montagem e desmontagem e instruções de conectividades (liga/desliga) diárias, além de instruir a equipe técnica do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal.

2.6. A comissão organizadora não se responsabiliza e não terá nenhum vínculo pela contratação de terceiros por parte dos participantes, necessários para a ajuda na construção de suas obras, trabalhos e etc.

2.7. Fica expressamente estabelecido não existir qualquer relação de emprego entre as partes, cabendo exclusivamente ao selecionado pelo edital a responsabilidade pelo pagamento de qualquer despesa, ônus e/ou encargos de natureza tributária, trabalhista, securitária e previdenciária, bem como decorrentes de acidentes de trabalho relativos à sua equipe, fornecendo todos os equipamentos necessários à preservação da integridade de seus empregados, clientes e terceiros.

3. Promoção e Divulgação

3.1.O MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal proporcionará aos selecionados a promoção e divulgação de seus trabalhos ou atividades escolhidas no âmbito do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia por meio de mídias físicas e digitais, nos limites de seu orçamento.

3.2. O selecionado se compromete a colaborar com toda e qualquer atividade de divulgação do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, tais como: entrevistas em jornais, canais de TV ou da internet ou programas de rádio, conforme as necessidades da assessoria de comunicação da instituição.

4. Outras condições previstas

4.1. A transferência de qualquer valor, quando aplicável aos participantes, será feita em moeda nacional (Real) de acordo com o cronograma acordado, e mediante a emissão de Notas Fiscais, sendo esta condição prioritária para o recebimentos das verbas previstas de contrapartida.

4.2. A gestão das verbas de produção e execução dos trabalhos é atribuição exclusiva da comissão organizadora do Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia. Os valores destinados a cada selecionado serão definidos após a análise do rateio da verba total entre os projetos e suas características particulares. Todo o desembolso dessas verbas se dará também por meio de emissão de notas fiscais equivalentes aos serviços ou produtos necessários para a produção dos trabalhos.

4.3. A comissão organizadora não arcará com custos de ligações telefônicas móveis ou fixas, pacote e uso de dados, estacionamento, refeições e demais serviços não previstos nos termos de cada participante.

4.4. No caso de projetos não realizados, esgotadas as possibilidades de reagendamento ou acordo, a comissão organizadora decidirá sobre o valor do ônus (material e imaterial), podendo ajuizar ações de indenização ou resilição;

4.5. No caso de trabalhos expositivos que estejam desabilitados por qualquer motivo técnico, de programação computacional, bioquímica, adaptação energética, ou qualquer outro nível de instabilidade, por mais de 5 (cinco) dias, serão automaticamente suspensos da exposição/programação e os participantes selecionados deverão acatar sumariamente a decisão da comissão organizadora de cancelar sua participação.

4.6. Trabalhos que envolvam programação específica a serem habilitadas para exibição deverão possuir manual em PDF e também em versão impressa e encadernados, a serem entregues à comissão organizadora e técnicos para que estes tenham em mãos a qualquer tempo.

4.7. A Comissão Organizadora se responsabiliza tão somente pela integridade física e de materiais e equipamentos dos selecionados e seus projetos no local e sede do evento. É de responsabilidade exclusiva do participante prezar por sua própria segurança fora do estabelecimento. Sendo assim, os envolvidos, coletivos e grupos selecionados para esse edital concordam que a Comissão Organizadora não será responsabilizada por suas ações cíveis fora do local de trabalho, devendo o selecionado deste edital se enquadrar nas legislações civis brasileiras, respondendo criminalmente por qualquer ato ilícito cometido durante o período de contratação e participação.

Acessar online, no final do pdf, os anexos II, III e IV, com especificações e plantas dos espaços disponíveis para ocupação.

Publicado por Patricia Canetti às 11:07 AM